Paulo Gomes

Paulo Gomes nasceu em São Paulo no dia 7 de agosto de 1960.
Aos 12 anos comprou seu primeiro LP e nunca mais deixou de ver seu futuro ligado à música.
Aos 14 começou a tocar baixo elétrico e ingressou em algumas bandas de garagem.
Ingressou na Academia Paulista de Música e Arte onde iniciou seus estudos musicais.
Aprendeu teoria como maestro Olivier Toni.

Aos 16 anos já se apresentava profissionalmente nas principais casas de São Paulo atuando até o final da década de setenta e o começo dos anos oitenta.

Mais tarde, aos 18, também começa a tocar o baixo acústico sendo aluno de Sandor Molnar no Conservatório do Brooklin Paulista. Nesse mesmo período torna-se aluno se Nico Assumpção que morava perto de sua casa e já era seu amigo.

Paulo Gomes em show realizado
em SP nos anos 80


Atuou em Orquestras Sinfônicas, Bandas Sinfônicas, Conjuntos de Câmara, Grupos de Música Antiga, várias formações de Jazz (trios, quartetos, Big Bands etc), Bossa Nova, MPB, Rock'n'Roll, Música Contemporânea, MIDI e outros.

Fez parte do grupo Devas do violonista Carioca, Royal Jazz Band, All Blues Jazz Trio e vários outros em apresentações em TV, rádio e gravações. Fez trilhas sonoras para comerciais e peças de teatro e, lecionou contrabaixo elétrico e acústico no conservatório do Morumbi.

No Conservatório de Tatuí continuou seus estudos com o professor Sandor e também com o professor Nikolaus Schevistschenko e tornou-se aluno do mestre lutier Enzo Bertelli.

Mais tarde, tornou-se aluno de seu grande amigo, Luiz Chaves (na época no Zimbo Trio).
Fez curso de música digital com Wilson Sukorski e de harmonia com o professor Claudio Leal.

Trabalhando desde 1980 no campo da luteria, Paulo Gomes constrói seus instrumentos apenas sob encomenda e utilizando material importado de primeira qualidade.

Membro da ISB - International Society of Bassists, dirige o único atelier no Brasil especializado em contrabaixo acústico e que constrói instrumentos escavados dentro da técnica italiana adquirida quando foi aluno de Enzo Bertelli e desenvolvida na especialização no contrabaixo durante todos esses anos.

Criador dos próprios modelos (desenhados de acordo com o músico que encomenda o instrumento), músico e com a vida totalmente dedicada ao desenvolvimento do contrabaixo sob todos os aspectos, atende em seu Atelier aos melhores contrabaixistas do Brasil e do mundo e seus instrumentos podem ser ouvidos em gravações e concertos ao vivo.
        
Com menos de uma década de trabalho Paulo Gomes já começava a ser reconhecido pelos melhores
contrabaixistas do mundo como Major Holey à esquerda e Ron Carter à direita entre centenas de outros.

Em 1992, Paulo recebeu em seu Atelier seu mais célebre visitante na área da música erudita, o mundialmente aclamado "melhor solista de contrabaixo do mundo " (Time Magazine), Gary Karr.

O prof. Karr, que dirige a Karr Doublebass Foundation Inc. desde 1983, teve a oportunidade de tocar um contrabaixo, ainda sem verniz e em fase final de construção no atelier e ficou impressionado com o alto nível do trabalho artesanal e de sonoridade do instrumento e cumprimentou entusiasmado o artesão ..."the finest bass-maker in Brazil and one of the greatest luthiers in the world"... escreveria mais tarde.

Por fim, o professor Karr encomendou um instrumento ao Atelier de Paulo Gomes, o que é, sem dúvida, prova de reconhecimento maior que qualquer elogio.
Veja mais sobre esse instrumento e muitos outros construídos para verdadeiras feras neste site.

Desde 2005 Paulo trabalha todos os anos em Nova York onde atende aos músicos
americanos ou de passagem por lá.

Neste ano de 2015 Paulo comemora 35 anos de atividades constantes trabalhando única e exclusivamente com Contrabaixos Acústicos. Uma carreira única no Brasil e muito rara no mundo.

Paulo Gomes coloca o Brasil no primeiro mundo no campo da construção artesanal de instrumentos.

 

 

 

VOLTAR