O workshop de
Marcos Machado

 

O Atelier cheio de contrabaixistas para um evento de alto nível.

MARCOS MACHADO, natural de Bagé, Rio Grande do Sul, desenvolve carreira internacional atuando como solista, professor e músico de câmara.
Reside nos Estados Unidos desde 1996 e atualmente é professor de contrabaixo erudito e jazz na University of Southern Mississippi em
Hattiesburg e spalla da Meridian Symphony Orchestra.

Sua formação teve início com o professor Milton R. Masciadri, na capital gaúcha, no Conservatório de Música da OSPA- Orquestra Sinfônica de
Porto Alegre. Continuou os estudos na University of Georgia com o professor Milton W. Masciadri. Marcos é doutor em música pela University of
Illinois e teve como orientador o professor Michael Cameron. Paralelamente, aperfeiçoou-se na Europa com os renomados professores Duncan
McTier (Suíça/Inglaterra) e Franco Petracchi (Itália). Em 2004, estudou em Paris com François Rabbath, considerado o mais importante
contrabaixista da atualidade e tópico de sua dissertação de doutorado.

O virtuosismo de Marcos Machado tem atraído a atenção de muitos músicos, em especial do compositor americano Frank Proto que o descreveu como
“brilhante”. Sua performance com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre em 2003 foi considerada “espetacular”. Tem feito diversas turnês pela
Itália, França, Suíça, Portugal, Alemanha, Inglaterra, Brasil e Argentina como spalla e solista. Apresentou-se no Montreaux Jazz Festival
(Suíça), no Vienne Jazz Festival (França) e no Spoleto Festival (Estados Unidos). Em Londres apresentou-se no Fairfield Hall e Queen
Elizabeth Hall.

Marcos é um músico versátil e confortável em vários idiomas. Já trabalhou com respeitados compositores, entre eles George Crumb, Charles
Wuorinen e Tristan Murail. Além do contrabaixo acústico, Marcos é muito requisitado no baixo elétrico.

Performances em 2006 incluem diversas cidades americanas e brasileiras, com destaque a première na América do Sul da Nine Variants on
Paganini, de Frank Proto, frente à Orquestra Sinfônica de Porto Alegre e recital de abertura do 3º Encontro de Pesquisa em Música da
Universidade de Maringá.

O primeiro CD de Marcos Machado será lançado em 2006 e a edição de um método de técnicas avançadas está prevista para 2007.

 

VOLTAR